Livro X Filme: Eu Sou O Número Quatro


Olá pessoal!
O blog ficou meio desatualizado nesses últimos dias mas já ta tudo certo, vim falar um pouco sobre o livro e o filme de Eu sou o numero quatro. Esse é o primeiro livro da série 'Os legados de Lorien', uma série que eu queria ler já faz um tempão.


O Livro
O livro vai acompanhar, em primeira pessoa, o Quatro, um ''Alien'' que veio de um planeta chamado Lorien, após uma grande batalha que ocorreu por lá, ele vive com Henri, que é uma especie de irmão mais velho dele, mas na realidade ele é seu Cepan, ele é responsável por cuidar do Quatro e instruir ele a usar seus ''Legados''.
Eles estão sempre se mudando, de uma cidade há outra, eles fogem dos Mogadorianos, que são tipo um povo que quer extermina-los. Até que eles chegam em Paradise, uma cidade pequena em que Quatro, (ou John, como a sua nova identidade diz) encontra Sarah, uma garota encantadora que vai tirar suspiros dele. E Sam, um nerd que lê muito sobre os alienígenas e que vai se tornar seu melhor amigo.
O livro tem um ritmo muito rápido, apesar da narrativa do autor deixar a desejar em alguns momentos, não tive problemas em relação a isso.

Eu adorei tudo o que o autor criou, todo aquele mistério de aliens e outros planetas habitáveis e tudo mais. Achei isso bem legal, não é fácil encontrar esse tipo de tema em livros juvenis hoje em dia e eu, como amante de astronomia, achei o tema super bem abordado. Tá, as vezes o autor da uma viajada na maionese mas foi tudo muito bem colocado.
Vários mistérios ficaram no ar, que eu acho que vai ser abordado nos próximos livros, eu to louco pela continuação. Recomendo muito pra quem gostou do filme e/ou já ouviu falar da série mas não leu. É uma delicia, tem muita ação e um toque bem pequeno e certeiro de romance.

O Filme

Essa é simplesmente uma das melhores adaptações, eu amei, o filme ficou muito bom.
Mesmo tendo um ritmo um pouco diferente do livro, ficou ótimo. O enredo sofreu, claro, algumas adaptações, mas isso foi muito preciso, afinal de contas para o filme fazer sucesso tem que ter um bom enredo e tem que ter ação.
Os atores fizeram um trabalho muito bem feito, adorei as escolhas para o elenco, cada ator se encaixou perfeitamente no personagem, principalmente a Dianna Agron, ela fez a personagem ser mais interessante no filme do que no livro. Alex Pettyfer também se encaixou perfeitamente no papel do John.



Filme ou o Livro?

Essa é uma das poucas exceções em que eu prefiro o filme. Não que o livro seja ruim, como eu disse, eu adorei, mas me apaixonei muito pelo filme. Muito bem filmado, com uma direção ótima, um bom roteiro e os atores certos, é impossível não aprovar essa adaptação. Infelizmente não se sabe se irão fazer a sequência, acho que daria certo, já que o primeiro filme teve um bom rendimento.

Enfim, esse foi um comentário meio breve, só não queria deixar em branco. Espero que tenham gostado.
Abraços! :D

Comentários

  1. Oi Guilherme!

    Eu vi o filme e achei bem legal, mas não me despertou a vontade de ler o livro. Já li algumas resenhas bem divergentes sobre ele, mas a maioria são negativas. Não é meu tema preferido, mas para quem gosta deve ser um prato cheio. Gostei da sua comparação entre os dois.

    Abraço

    http://poesiasprosasealgomais.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fran!
      Tambem gostei do filme, uma pena muita gente não ter gostado, eu adorei.
      Que bom que gostou,
      Abraços :D

      Excluir
  2. Eu adoro esse livro, e o filme também.
    Eu acho que é um tema bem interessante e estou louca para ler a sequência, e também desejo que decidam fazer um segundo filme haha.
    orefugioliterario.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Também amei o livro e posso lhe afirmar com toda a certeza do mundo que a história só melhora com o decorrer das continuações, ainda não li "A Queda dos Cinco", mas estou louco pra conferir se essa evolução continua...
    Já o filme... Tenho uma certa implicância com essa película, tanto como filme (sem levar em conta que é adaptado de alguma coisa) quanto como adaptação, achei bem desinteressante, mas para uma coisa eu tenho que dar o braço a torcer: Teresa Palmer como Número Seis foi perfeito, ela mandou muito bem \o/
    Adorei o seu blog, continue com esse ótimo trabalho, abraços!!
    Gabriel Aleksander - www.fatalityliterario.wordpress.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

DEIXE A SUA OPINIÃO!

Postagens mais visitadas deste blog

Os Lançamentos de Julho | 2016

Sumiço, Mudanças + O Que ando lendo