O Motivo por Patrick Ness

Sinopse
"Todd Hewitt é um garoto de doze anos, o último menino de Prentisstown, uma cidade de homens. Ele vive em um mundo cheio de "ruído" em que os pensamentos privados de todo homem e animal são audíveis. Em um mês ele estará com treze anos e será um homem. Mas a cidade está mantendo segredos para ele, segredos que vão forçá-lo a fugir do prefeito e dos homens de Prentisstown junto com seu cachorro e a primeira garota que ele já conheceu.
A cada página, o leitor ficará cada vez mais ligado a Todd e Viola, com sua história de amizade, e sentirá afeição genuína por Manchee, cão e ajudante de Todd, cujo comportamento é hilário e comovente.
Na sua essência, é uma história sobre um garoto forçado a crescer rapidamente em um mundo de ruínas em loucura e armado apenas com sua convicção de fazer a coisa certa para ajudá-lo a sobreviver.
Todd vive em um mundo onde um germe matou todas as mulheres, um germe que deixou os homens loucos, o germe que significou o fim dos spackles quando a loucura dos homens colocou as mãos numa arma."


Autor:  Patrick Ness
Editora: Pandorga
Ano: 2012
Páginas: 447
Gênero: Distopia
     

O Motivo é primeiro volume da série Mundo em Caos do Patrick Ness, série distópica que recebeu vários prêmios e é bem popular lá fora, a série é publicada aqui no Brasil pela editora Pandorga.

Em O Motivo seguimos a narrativa sob o ponto de vista do garoto Todd, ele tem 12 anos e vive em Prentissburgo, uma cidade em que os ''ruídos'' dos homens são audíveis, ou seja, todos podem escutar os pensamentos de uns aos outros. Mas a cidade e os homens estão guardado segredos do ultimo menino da cidade (por lá só se é considerado ''homem'' aos 13 anos), segredos esses que podem mudar completamente a visão que Todd Hewitt tem sobre as pessoas e sobre o lugar onde ele vive.

Sempre tive uma vontade imensa de ler esse livro, ele inclusive estava na minha meta de leitura desse ano, quando peguei O Motivo para leitura não sei exatamente o que eu esperava, já disse várias vezes aqui no blog que eu simplesmente adoro distopias, é sem sombra de dúvida o meu gênero literário favorito, com isso, esperava ao menos gostar da leitura, não me apaixonar perdidamente por esse história como acabou acontecendo.

O que me chamou atenção sobre a premissa desse livro é o fato de que nessa cidade, ou no mundo todo, os homens podem escutar os pensamentos de uns aos outros, além disso, não há mulheres em Prentissburgo, todas elas sumiram. Esses dois pontos principais me deixaram com milhares de questionamentos, afinal de contas, como assim não existem mulheres e todo mundo pode escutar seus pensamentos??.
O que é fato é que essa cidade em breve irá se auto destruir, afinal de contas, não há como nascer novas pessoas sem mulheres. 

Bom, a explicação do autor sobre esses fatos é simplesmente genial, é claro que autor não explica completamente como tudo aconteceu e todos os detalhes pois esse é apenas o primeiro livro mas, o autor da uma pontinha que já da pra ter uma ideia de tudo o que o autor criou.

A narrativa de Ness é instigante e claustrofóbica, seguimos sob o ponto de vista de Todd em primeira pessoa, o Todd é analfabeto e o autor teve o cuidado de escrever algumas palavras de modo incorreto para que o leitor tenha a experiência completa de como seria estar com o Todd, por exemplo: correnu, sinhor, fazenu, comenu e outros. O autor também quebra o texto fazendo com que a leitura seja mais rápida e mais desesperadora.

Em suma, O Motivo é um ótimo primeiro livro para uma trilogia primorosa, não sei como explicar o quão devastado fiquei com o final desse livro, preciso ler A Missão o mais rápido possível. Favoritado <3.

Comentários

  1. Olá Guilherme,
    Não sou muito fã de trilogia, mais sua resenha foi tão bem desenvolvida que fiquei muito curiosa sobre a estória, realmente me intrigou esse detalhe de não ter mulher na cidade, cadê elas? vou colocar na minha lista de leitura.

    http://sonhoseaventurasdeamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É um livro sensacional, espero que voce goste!

      Excluir
  2. Olá!
    Ah, como eu amo distopias <3 Não conhecia o livro, mas sua resenha me deu a vontade de sair de casa nesse momento e ir lá comprar o livro! hahahaha

    Beijos, Carol
    Girl from Oz

    ResponderExcluir
  3. Oi, Guilherme! Ainda não conhecia essa trilogia, mas sua resenha me deixou bastante empolgado e com vontade de conhece-la! Ótima resenha! :D

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Tenho ouvido falar bastante desse livro mas não sabia a inexistência e mulheres nem que o protagonista era analfabeto, isso me deixou, ao mesmo tempo, curioso e receoso, sou incrivelmente chato com erros gramaticais (não que não os cometa de vez em quando) e me daria uma fissura danada ler um livro escrito dessa forma, mas a história parece tão incrível, e todo mundo fala tão bem ^^
    Adorei a resenha
    Grande abraço!!
    Leitor Antissocial

    PS: Seu livro já chegou?

    PS²: Vi que você está lendo Marina, espero que goste tanto quanto eu gostei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Rudi te recomendo muito o livro, ele é MUITO bom!.
      Chegou sim, esqueci de te dizer.
      Valeu! espero gostar dele =)

      Excluir
  5. Ainda não conhecia esse livro Guilherme, mas pela ótima resenha
    fiquei tentada a ler também, espero em breve adquirir para dar a
    minha opnião.

    Seguindo aqui... Abraços
    http://cabinedeleitura1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado!, espero que goste da leitura ;)

      Excluir
  6. Gostei da resenha Guilherme. O livro parece ser bem instigante e original. Abraço!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  7. Realmente, a premissa do livro é ótima! Apesar de distopia não ser meu gênero preferido, com certeza a esse livro daria uma chance.

    Beijos!
    livrosdawis.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  8. Oi Guilherme!
    Fazia tempo que eu não via resenha desse livro. Lembro que havia me chamado a atenção há uns anos atrás, mas fora o fato de ser uma distopia, eu já não lembrava sobre o que era a premissa. Lendo sua resenha voltei a achar interessante. Gostei de saber que o autor já dá algumas respostas nesse primeiro livro ao invés de guardar tudo para o desfecho.
    Beijos
    alemdacontracapa.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. Oi Guilherme! Tudo bem?

    Minha primeira ao ler sua resenha foi: eu já conhecia o livro, distopia, amo <3

    E aí a segunda: COMO ASSIM NÃO EXISTEM MULHERES?

    Cara, sinceramente, preciso ler essa trilogia *-* Tipo, mesmo! Sou louco por distopias, recentemente comprei A Menina Que Tinha Dons e Puros, são as minhas próximas distopias <3

    Parabéns pela resenha! Ficou ótima e bem chamativa em relação ao livro :3

    Abs,
    Jhonn.

    http://leiturasilenciosaoficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. A capa é muito bonita e a sinopse chama a atenção. Acho que, provavelmente, vou ler este livro.
    somaisumapaginamae.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário

DEIXE A SUA OPINIÃO!

Postagens mais visitadas deste blog

Os Lançamentos de Julho | 2016

Sumiço, Mudanças + O Que ando lendo