O Caderninho de Desafios de Dash e Lily por David Levithan e Rachel Cohn

Sinopse
"O novo livro de David Levithan e Rachel Cohn que juntos escreveram Nick e Nora Uma noite de amor e música acompanha a dupla Lily e Dash. Ela está doida pra se apaixonar e, pra encontrar o par perfeito, decide criar um caderninho cheio de tarefas e deixá-lo na livraria mais caótica de Manhattan. Quem encontra o moleskine é Dash, e os dois começam a se corresponder e trocar sonhos, desafios e desejos no caderninho, que vai se perdendo nos mais diversos lugares de Nova York."









Autor: David Levithan e Rachel Cohn
Editora: Galera Record
Ano: 2016
Páginas: 255
Gênero: Romance/YA
    

O Caderninho de Desafios de Dash e Lily é mais um livro do Davd Levithan em parceria com a Rachael Cohn e é um lançamento de maio da Galera Record.

Não é novidade que sou fã do David Levithan, essa é a minha 5° leitura dele e estava bem ansioso em faze-la já que esse é um dos mais famosos dele e se passa no natal.

Neste romance acompanhamos Dash e Lily, uma dupla completamente diferente. Dash é um cara todo irônico, fechado, e que odeia festas de fim de ano. Simplesmente não vê sentido nisso. Enquanto Lily é uma garota que adora o natal, é a sua época favorita do ano e pra ela é sempre inesquecível. Mas esse ano é diferente, ela está sozinha, seus pais foram para uma "segunda lua de mel" e enquanto isso seu irmão ficou com o namorado. Ela então decide criar desafios em um caderninho que ela deixa em uma livrara de Nova York para encontrar a pessoa perfeita, ou simplesmente um amigo. Dash o encontra, e como ele enganou os pais para ficar sozinho no natal, acaba aceitando o desafio que trás consequências e uma pessoa que ele nunca imaginou.

Mais um livro do David Levithan e mais uma paixão. Não sei porque mas é tão difícil não gostar dos livros dele!, não acho defeitos.

Esse é um livro em parceria com a Rachel Cohn, o terceiro das parcerias deles, nunca havia lido nada dela e confesso que gostei do seu estilo narrativo.



A edição da Galera me decepcionou um pouco, não curti taaanto a capa assim e ele tem folha branca. Ainda assim, sem erros de revisão e boa tradução.

A narrativa é dividida entre o Dash e a Lily sendo o Dash de responsabilidade do David Levithan e a Lily da Rachel Cohn.  
Os dois conseguiram dosar bem os capítulos e fizeram com que o livro ficasse bem uniforme, sem furos ou pontas soltas.

Mais uma vez, gostei mais da narrativa do David, aconteceu isso com Will & Will e aqui novamente, não que não tenha gostado da Rachel mas senti que ele conseguiu desenvolver mais o personagem.

O Dash é um cara super irônico e muto hilário, fazia muito tempo que não ria alto com um livro e ele conseguiu fazer isso, as jogadas dele são ótimas e o senso de humor no ponto.

A Lily também é engraçada e fofa, gostei dela, o único ponto que me incomodou foi o fato de ela ter 16 anos e agir como 13. Por alguns momentos senti que a autora esqueceu que a personagem tinha 16 anos e fazia ela agir mas infantilmente, depois ela fazia coisas de alguém de 16 e soava estranho.



O ritmo de leitura é super rápido e não tem como desgrudar do livro, tem sempre algo acontecendo e as 255 páginas ajudam, já que queremos logo saber o que acontece.

As descrições de Nova York são ótimas e sempre que lia morria de vontade de estar lá, apesar de isso ser triste é um bom sinal, já que os autores souberam como inserir o leitor no ambiente, haha.

O livro é classificado como romance mas é bom deixar claro que esse de longe não é foco, os autores puxam muitos outros assuntos para o texto deixando o romance como um pano de fundo e bem leve, quase imperceptível.

O Caderninho de Desafios de Dash e Lily é uma leitura muito recomendada pra quem está procurando algo pra ler nas épocas festivas ou que goste de algo que se passe em Nova York ou até mesmo um bom livro jovem adulto sobre amizade e relações familiares. Pra quem já leu algo dos autores, saiba que esse é mais um que vale a pena ler!.

Outros livros do autor:
Will e Will
Todo Dia e Outro Dia
Garoto Encontra Garoto

Comentários

  1. Aiii quero muito ler ele, amo personagens irônicos e engraçados, vou por agora na minha listinha de leitura!
    www.byanak.com.br

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela resenha Guilherme! Estou ansiosa para ler O Caderninho de Desafios de Dash e Lily! Abraço!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  3. Oi, GUi!
    Menino nao consigo lidar com a ideia de que não quero ler esse livro. Sério! Adorei ler Todo dia, mas os outros livros que li dele não me agradaram e aí essa edição com folhas brancas e essa capa tão feia só me deixaram ainda mais sem vontade.

    Fica para a próxima.
    Bjão!
    Diego, Blog Vida & Letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  4. Gente, eu queria muito esse livro. Tipo, muito mesmo. Quase comprei capa dura em inglês. Mas ai li Naomi e Ely, dos mesmos autores, e me decepcionei bastante. Então não sei mais se eu quero esse ou não :/ Não curti nem um pouco a narrativa da Rachel. Sobre a capa, concordo com você, ela não é isso tudo. Eu prefiro a americana mesmo. Fico feliz que tenha sido uma leitura proveitosa para você, mas eu realmente acho que não vou comprar ele tão cedo (a não ser que apareça uma mega promoção provocando a consumista em mim).

    bjs,
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
  5. Olá Guilherme;

    Apesar de já ter visto muitas resenhas dos livros do autor, ainda não tive a oportunidade de ler nada. Espero mudar este quadro muito em breve
    Confesso que este livro em particular não me atraiu muito, achei a sinopse confusa e o título meio desnecessário, mas enfim...Que bom que a leitura valeu a pena.
    Não posso deixar de dizer que seu blog é uma graça, super caprichado.

    Seguindo aqui...Beijos da Camila.
    http://cabinedeleitura1.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  6. Oie Guilherme =)

    Esse livro está dando o que falar rs...
    Vejo resenhas de pessoas que amaram e outras que não gostaram tanto assim.
    Eu confesso que a primeira vista ele não me chamou muito a atenção, mas quem sabe mais para frente.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  7. Oi Guilherme!

    Estou de olho nesse livro, que tem uma capa linda! E ainda não li nada de Levithan e quero muito conhecer a narrativa dele! As fotos ficaram lindas!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  8. Também não curti muito a capa, ficou fraquinha. Mas que fofa a história! Leve e perfeita pra ler no Natal, mas como sou ansiosa, eu vou ler é pra já hahah adicionei nos desejados, é totalmente o tipo de livro que amo pegar pra passar o tempo e esquecer os problemas <3

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oi Guilherme,
    Não amei, mas também não odiei, rs.
    É um livro que tinha potencial, acredito que atrapalhou muito a escrita e linguagem. Os personagens queriam parecer inteligentes, sabe? HAHAHAHA
    Não era algo fluído para mim, infelizmente.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Gui!
    Minha opinião é parecida com a sua. Gostei mais dos capítulos escritos pelo David e achei a Lily um pouco infantil.. No entanto, achei bacana a oportunidade de acompanhar como Dash a ajudou a amadurecer e se tornar mais independente.
    As páginas brancas não me incomodaram, mas é claro que se fossem amareladas e edição iria me agradar mais.
    Ps. O livro prende muita nossa atenção mesmo e adorei ter conhecido a escrita dos autores!
    Abraços

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Postar um comentário

DEIXE A SUA OPINIÃO!

Postagens mais visitadas deste blog

Sumiço, Mudanças + O Que ando lendo

Lembrança por Meg Cabot

Os Lançamentos de Julho | 2016