A Vida Como Ela Era por Susan Beth Pfeffer


Sinopse
"Quando Miranda começa a escrever um diário, sua vida é como a de qualquer adolescente de 16 anos: família, amigos, garotos e escola. Suas principais preocupações são os trabalhos extras que os professores passaram tudo por causa de um meteoro que está a caminho da Lua. Para surpresa de todos, o impacto da colisão é bem maior do que o esperado, e isso altera de modo catastrófico o clima do planeta. Terremotos assolam os continentes, tsunamis arrasam os litorais e vulcões entram em erupção. Em 24 horas, milhões de pessoas estão mortas e, com a Lua fora de órbita, muitas outras mortes são previstas. Os supermercados ficam sem comida, e Miranda e sua família precisam, então, lutar pela sobrevivência em um mundo devastado, onde até a água se torna artigo de luxo. Ela não entende a importância do acontecimento; afinal, os cientistas afirmam que a colisão será pequena. Mas, mesmo assim, acredita que esse será um evento interessante a se observar, com binóculo, do quintal de casa. "

Autor:  Susan Beth Pfeffer
Editora: Bertrand Brasil
Ano: 2016
Páginas: 378
Gênero: Jovem-Adulto/Sobrevivencia
    

A Vida Como ela Era é o primeiro livro da série Os Últimos Sobreviventes da autora Susan Beth Pfefer. O livro é publicado no Brasil pela editora Bertrand que esse mês lançou a sequência, Os Vivos e os Mortos com um novo projeto gráfico e com isso republicou o primeiro livro com uma nova capa.

Esse é um livro um pouco antigo (2008) e que fez bastante sucesso lá for,. Desde que vi a capa e a sinopse fiquei com muita vontade de ler, muita mesmo. Quando fiz a leitura nessa semana acabei me surpreendendo pois o livro é completamente diferente do que imaginei.

Primeiro de tudo, tem um blurb na capa dizendo que é indicado pra quem gostou de Jogos Vorazes, isso é verdade, mas é bom deixar claro que esta não é uma distopia!, aqui não temos uma sociedade rígida e nem um sistema opressor.

Tudo começa com a Miranda, ela é mais uma adolescente normal, mora com a mãe e o irmão mais novo pois os pais são separados e o irmão mais velho esta na faculdade. Ela vê a vida a seu redor mudar com uma previsão de um grande cometa colidir com a Lua, de começo ninguém se importa muito já que isso acontece as vezes, mas dessa vez é difirente, o cometa é muito grande e as conseqüências podem ser catastróficas. E é o que acontece, a Lua chega mais perto da Terra, que começa a sofrer com mudanças gravitacionais. O caos começa, terremotos, marés, tsunamis, vulcões, sem eletricidade.. Miranda e sua família agora se vêem em uma realidade em que precisam se manter vivos já que o mundo como eles estavam acostumados aparentemente se foi.

Essa premissa que dei pra vocês já deixa aquele suspense né? O que vai acontecer, como vai acontecer, pra onde eles vão etc. Isso foi algo que me prendeu muito durante a leitura, precisava de respostas!

O livro é um diário, separado entre as estações do ano e começando a ser escrito dias antes do ocorrido, aos poucos a Miranda vai tomando o assunto mais a sério e o leitor vai acompanhando junto com ela o ritmo disso tudo.


A leitura é simplesmente alucinante, o ritmo é incrivelmente rápido e prende o leitor muito bem entre as páginas. Por ser um diário, a personagem começa escrevendo depois de o dia acabar, então ela vai descrever como foi o dia, sendo assim, a personagem não vai se surpreender muito quando algo acontecer já que ela já sabe disso, ainda assim, a forma como a autora seguiu fez com que a cada página o leitor ansiasse por saber que ia acontecer, e melhor ainda, como aconteceu.

A concepção dos personagens é feita de uma maneira mais morosa e devagar, como é um diário, o foco vai ficar mais ali na Miranda, mas ao decorrer do texto o leitor vai se aproximando dos outros personagens e conhecendo suas facetas.


O que me decepcionou um pouco foi o fato de ficarmos muito tempo no mesmo lugar, claro que eles estavam tentando sobreviver e tal mas queria ver mais. Acho que isso vai acontecer na continuação. Continuação essa que não acompanharemos mais a Miranda e sim outro personagem.

A trama é tão bem escrita que a sensação que tive durante a leitura foi nada menos que angustiante, adjetivo esse ótimo para descrever esse livro. Assim que a coisa vai ficando mais difícil e os personagens vão sofrendo mais, a leitura fica pesada. Por vezes tive que parar pra tomar uma água para voltar à leitura.

A Vida Como Ela Era se mostrou um livro extremamente bem colocado em seu propósito e escrito de uma forma em que o leitor se coloca no lugar do personagem como poucos autores conseguem. Recomendo muito a leitura pra quem gosta de livros de sobrevivência (estilo The Walking Dead, sem zumbis) e tramas envolventes. Muito bom!

Livros Parecidos:
Amanhã: Quando A Guerra Começou
Gone, O Mundo Termina Aqui

Comentários

  1. Olá!
    A premissa dessa obra é muito boa. A única coisa que me deixa com um pé atrás é o tal diário. Acho que uma narrativa mais direta talvez fosse mais interessante para um enredo como esse.
    De toda forma, a sua resenha me animou bastante. Darei uma chance para a obra.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de julho. Serão quatro livros e dois vencedores!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal! espero que curta a leitura!
      Abraço <3

      Excluir
  2. Agora que você disse que não é distopia eu fiquei com vontade, apesar de ser um pouco lento na concepção dos personagens. Confesso que ando um pouco cansada das distopias e o fato desse ser diferente me chama atenção.

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  3. Oi Guilherme,
    Adoro uma história sobre sobrevivência.
    Não conhecia o livro, mas faz meu estilo. Fiquei curiosa.
    É da Bertrand? Nossa, fiquei surpresa.
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Guilherme! Esse livro tem uma premissa muito boa! Adorei... Abraços!

    www.lendo1bomlivro.com.br
    Instagram :) @lendo1bomlivro

    ResponderExcluir
  5. Realmente, fiquei doida pra descobrir a resposta pra todas essas dúvidas. Achei a capa muito bem elaborada também, e provavelmente o fato de a história se passar muito no mesmo lugar é por ser um volume introdutório, mas incomoda mesmo, a gente quer agitação e desespero né kkkk

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oiii Guilherme

    Acho que essa é a primeira resenha que leio desse livro e me surpreendeu. Primeiro que eu imaginava que era meio distopia, e parece que não é bem assim. Segundo que sério mesmo é um relançamento? Nossa, não tinha nem idéia de que esse livro já estava publicado.
    Achei a legal a editora publicar logo a sequência em seguida, sinal que estão confiando na série. Bom seria se outras sérias também fossem publicadas assim rapidinho...rsrsr
    Bom, a resenha está ótima e deu pra entender direitinho de que vai a história. No momento tenho muito livro pendente aqui pra ler, mas se surgir a oportunidade adoraria conferir tb essa leitura

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Alice!
      Que bom que gostou da resenha!, a premissa dele é boa mesmo e a leitura é muito instigante. Espero que goste <3
      Abraço!

      Excluir
  7. Oi, Guilherme!
    Não conhecia esse livro ainda. Eu tenho meio que uma fobia com livros sobre o fim do mundo? Não sei bem explicar, mas coisas realistas demais me assombram. Meio que o que senti lendo Vivian Contra o Apocalipse, eu preciso de uma preparação psicológica para ler eles uasahsuashausahsuashausahs Esse é uma série muito longa, será? Tô me concentrando em livros únicos ou séries pequenas no momento.

    bjs
    www.queriaestarlendo.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi!
      É um livro que realmente mexe com o leitor, Bibs, mas vale a pena!
      É uma série de 4 livros se não me engano.
      Abraços!

      Excluir
  8. Oie Guilherme =)

    Esse livro me chamou a atenção entre os lançamentos do mês, mas quando vi que era duologia desanimei. Já estou com tantas séries e livros para ler que preferir deixar para conhecer a história em outro momento.

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  9. Olá, Guilherme.

    Nada como uma trama bem escrita, não conhecia a série, mas a premissa me agrada muito.
    Costumo ler livros assim já imaginando a adaptação nas telonas e cenários apocalípticos sempre agrada a gregos e troianos.

    Beijos da Camila.
    http://cabinedeleitura1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi, Gui! Tudo bem?
    Acho que nunca li nada do gênero, mas tenho vontade de me aventurar por esses suspenses que nos deixam com o coração na mão.
    Gostei da sua opinião e da forma que você falou do livro na resenha. Ainda não fiquei muito interessada em ler, mas vou ficar de olho ;)
    Beijos,

    versosenotas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Gui, adorei a sua resenha! Achei a premissa bem interessante. Com certeza lerei no futuro :)
    Beijo*
    http://umminutoumlivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oi, Gui, tudo bem?

    Eu não conhecia o livro e essa é a primeira resenha que eu leio dele. Achei a proposta bem legal, apesar de não ser tão inovadora no meu ponto de vista. Curti a capa também, mas mudaria as fontes, pois achei que não combinou muito com a imagem.
    Curto esse lance de luta pela sobrevivência e leria sim o livro.

    Beijo
    - Tamires
    Blog Meu Epílogo | Instagram | Facebook

    ResponderExcluir
  13. Oi, Gui. Tudo bom?
    Menino eu acho essa capa tão linda! Fiquei tentado em solicitar esse livro, mas tive medinho. De repente sua resenha me deixou seguro de que realmente quero ler.

    Abraço.
    Diego, Blog Vida e letras
    www.blogvidaeletras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Solicita mesmo Di! Vale MUITO a pena.
      Abraço!

      Excluir
  14. Oi, Gui!
    Nossa, eu solicitei esse livro e espero gostar dele assim como você gostou. O fato de ser em forma de diário me deixou muito curiosa, acredito que seja uma leitura muito rápida.
    Beijos,
    Amanda, colaboradora do blog AWTR

    ResponderExcluir

Postar um comentário

DEIXE A SUA OPINIÃO!

Postagens mais visitadas deste blog

Os Lançamentos de Julho | 2016

Sumiço, Mudanças + O Que ando lendo