Dama da Meia-Noite por Cassandra Clare

Sinopse
"Emma Carstairs é uma Caçadora de Sombras, uma em uma longa linhagem de Caçadores de Sombras encarregados de protegerem o mundo de demônios. Com seu parabatai Julian Blackthorn, ela patrulha as ruas de uma Los Angeles escondida onde os vampiros fazem festa na Sunset Strip, e fadas estão à beira de uma guerra aberta com os Caçadores de Sombras. Quando corpos de seres humanos e fadas começam a aparecer mortos da mesma forma que os pais de Emma foram assassinados anos atrás, uma aliança é formada. Esta é a chance de Emma de vingança e a possibilidade de Julian ter de volta seu meio-irmão fada, Mark, que foi sequestrado há cinco anos. Tudo que Emma, Mark e Julian tem a fazer é resolver os assassinatos dentro de duas semanas antes que o assassino coloque eles na mira.
Suas buscas levam Emma de cavernas no mar cheias de magia para uma loteria sombria onde a morte é dispensada. Enquanto ela vai descobrindo seu passado, ela começa a confrontar os segredos do presente: O que Julian vem escondendo dela todos esses anos? Por que a Lei Shadowhunter proíbe parabatais de se apaixonarem? Quem realmente matou seus pais e ela pode suportar saber a verdade?"

Autor: Cassandra Clare
Editora: Galera Record
Ano: 2016
Páginas: 574
Gênero: Fantasia
    

Dama da Meia-Noite é o primeiro volume da trilogia Os Artifícios das Trevas da Cassandra Clare, publicado no Brasil em abril pela Galera Record. O livro é uma esperta introdução a uma nova série e uma volta triunfal ao mundo dos caçadores de sombras.

Bom, não vou contar muito sobre a sinopse desse livro pois tudo que acontece nele é spoiler sobre o final da série Os Instrumentos Mortais. Eu não li o final da outra série e não ligo muito em saber, mas como alguns de vocês podem se importar, vou falar apenas da minha opinião sobre o livro em si.

Dama da Meia-Noite é narrado em terceira pessoa sob a perspectiva da Emma. A Emma é uma personagem sensacional!, preciso dizer isso logo de cara. Não sou muito fã da Clary (quanto a Tessa, ainda não li) e adorei começar essa série com uma personagem boa assim.
A autora explora bastante essa personagem em vários sentidos, ela é curiosa, se intriga com as coisas e não se contenta facil;

O ritmo de leitura é bom, a Cassandra aproveita bem da terceira pessoa e sempre constrói uma boa cena, colocando o leitor no ambiente e desenvolvendo bem os personagens ali. A evolução que senti ao ler esse livro se comparando a Cidade dos Ossos em relação a narrativa dela é gritante, ela melhorou muito e demonstrou ter aprendido bastante com a experiência.

A leitura é um pouco lenta, são mais de 500 páginas e não é um livro pra ler de uma noite pra outra. Os capítulos também são longos, mas bem dosados, diria. Ainda assim, achei que ela podia ter cortado algumas páginas e ter sido mais direta em algumas cenas.


A Galera Record caprichou na edição nacional, para a primeira edição, temos capa holográfica, capitulo extra e um mapa do instituto de Los Angeles, onde a trama toma lugar.

O enredo deste livro é muito intrigante e prende muito o leitor, senti como se tivesse lendo um dos meus autores de romance policial pra falar a verdade. A Cassandra trouxe um plot com assassinatos e mentiras com aquela busca pela verdade e quem realmente fez aquilo.

O mundo dos caçadores de sombras é muito envolvente, não tem como negar. Assim que somos absorvidos por ele, fica difícil querer sair. Neste primeiro volume a autora traz alguns novos elementos e explora mais alguns outros.

Para quem, assim como eu, não terminou de ler Os Instrumentos Mortais, ou nunca leu os livros, fique tranquilo, aqui a autora dá uma recapitulada, além de explicar algumas coisas pra quem é novo nesse universo.

Em suma, Dama da Meia-Noite é um livro confiante e refrescante pra quem gosta dos livros da Cassandra Clare. Além de podermos apreciar sua evolução em escrita desde o primeiro livro, podemos também apreciar uma leitura envolvente, gostosa e que surpreende em sua conclusão, apesar da grande ponta para a continuação.  

Comentários

  1. Oie Guilherme!
    Ainda não li esse livro (na verdade, ainda não consegui ler nada da Cassandra), mas curti muito sua resenha e fiquei com vontade de ler. Essa capa é maravilhosa, né? *-* Vou dar uma olhadinha e quem sabe eu não comece a ler, mas acho que só depois de ler Os Instrumentos Mortais, pra não correr o risco de perder nadinha :3

    Um beijo!
    Débora
    http://amorlivronico.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Débora! Valeu!, seu gosta de fantasia a Cassandra é uma boa recomendação.
      Abraço!

      Excluir
  2. Já li outros livros da autora, mas a escrita não me cativou. O post ficou bom e sem dúvida a capa é linda! Bjos

    http://blogliterariodois.blogspot.com.br/2016/07/entrevista-luana-barros.html

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    Realmente a capa é linda. Não conheço a escrita da autora, mas não tenho curiosidade de ler, ate pq não sou muito fã de série. Adorei seu blog. Conquistou uma fã!

    sonhoseaventurasdeamor.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Gostei da resenha Guilherme. Conheço a escrita da Cassandra Clare e ela é realmente uma autora bem peculiar em suas histórias. Abraço!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Guilherme!! Pois é, como nunca li nada da autora fiquei com medo de não entender o livro, bom saber que ela explica as coisas, quero muito conhecer o Universo criado por ela!!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  6. Olá Guilherme,
    Nunca li nada da autora, fiquei curiosa pela resenha. Sem contar que a capa é linda demais!
    Mais de 500 páginas é algo que me faz pensar duas vezes rsrs. Mas quando o enredo do livro te prende, é muito bom!
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é Jessica! Mas quando o autor trabalha bem na trama vale a pena a leitura, e esse é caso dessa fantasia.
      Abraço!

      Excluir
  7. Oi Guilherme,
    Eu não gosto muito da escrita da Cassandra Clare, acho muito repetitiva e essa questão dos Shadowhunters eternas, parece que nunca tem final... Mas respeito os fãs da série e fico feliz por esse livro existir, porque a capa está belíssima! hahahaha
    Beijos
    http://estante-da-ale.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Oi, Gui! Tudo bem?
    Nunca li nada da autora e, apesar de ver tantos comentários positivos sobre sua escrita e sobre seus livros tão famosos, eu não tenho vontade de ler. Essa temática não faz meu estilo, mas confesso que a editora capricha nas edições!!
    Uma pena que os capítulos sejam grandes. Não sei porque mas isso sempre faz com que minha leitura fique mais lenta.. rs.
    Beijos,

    versosenotas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Oie Gui =)

    Eu estou simplesmente desesperada pela continuação de Artifícios Mortais. Confesso que fato dos capítulos serem longos não me atrapalhou. A escrita da Cassandra é tão envolvente que nem senti isso rs...

    Beijos;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary

    ResponderExcluir
  10. Olá Guilherme;

    Aparentemente é uma ótima trilogia. Gosto de livros que nos introduz nos cenários, nos faz usar ainda mais a imaginação.
    Tenho que concordar quanto a edição, está um capricho mesmo. Adoraria ter todos na minha estante rsrs.

    Beijos e uma ótima semana.
    http://cabinedeleitura1.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oiii!

    Olha eu gostei bastante da série Os Instrumentos Mortais, mas não tive interesse em ler mais nada desse universo.
    Fico meio irritada quando os autores não escrevem sobre mais nada depois que eu estória faz sucesso. Acho que perde um pouco a graça pra mim...

    Beijos!

    www.ooutroladodaraposa.com.br

    ResponderExcluir
  12. Também adorei Dama da Meia-Noite! Os capítulos longos são uma característica da Cassandra, quase todos os livros dela são assim, embora eu concorde que alguns capítulos poderiam ter menos enrolação. Mas num todo é um livro maravilhoso, tava com saudade desse mundo shadowhunter <3

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Enfim alguém que também não gosta muito da Clary! haha
    Bom saber que essa protagonista é ótima, isso certamente fará com que o mundo dos caçadores das sombras fique ainda mais envolvente.
    Não estava pretendo ler o livro, mas acho que darei uma chance.
    Boa resenha.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de julho. Serão quatro livros e dois vencedores!

    ResponderExcluir
  14. Oi, Guilherme! Tudo bem? Adorei a resenha! Realmente, o livro é bom, mas (de tão grande que é) um pouco cansativo. Parei de lê-lo na metade, mas pretendo voltar com a leitura em breve. Adoro a Clary! Como assim você não gosta dela? rs Mas a Emma é muito legal mesmo! <3

    Abraço

    https://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Olá! Ainda quero descobrir como faço pra gostar dos livros da Cassandra! >.<
    Comprei aquela edição de colecionador com capa holográfica da série Cidade dos Ossos e quem disse que consigo terminar! Já comecei várias vezes mas não consigo ir pra frente! Tbm pode ser pq assisti ao filme, por isso não consigo passar do primeiro, mas ainda vou concluir!
    Beijo!
    http://booksmanybooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  16. Oi Guilherme, tudo bom?
    Ah, esse livro. Eu esperei TANTO por ele, mas TANTO. Achei que superaria o meu amor por Princesa Mecânica, já tava fazendo juras para Blackthorn. Aí chegou, eu li e... nhé?
    Não foi tudo. Na real, foi meio pombo. A parte dos Blackthorn foi AMOR DEMAIS QUERIA CHORAR O TEMPO TODO JULES MEU FILHO TY MEU BEBÊ. Mas a história em si não me encantou. Achei bem bobinho o drama dos parabatai '-'
    Espero que Lord of Shadows melhore </3
    Excelente resenha!

    Beijos,
    Denise Flaibam.
    http://www.queriaestarlendo.com.br/

    ResponderExcluir

Postar um comentário

DEIXE A SUA OPINIÃO!

Postagens mais visitadas deste blog

Sumiço, Mudanças + O Que ando lendo

Lembrança por Meg Cabot

Os Lançamentos de Julho | 2016