Papo Fora De Série: Ritmo de leitura


Já tem um tempinho que eu não posto a coluna Papo Fora de Série aqui no blog, pra quem não conhece, nessa coluna eu debato/abro uma discussão sobre algum assunto literário; gêneros, hábitos, estilo etc. Hoje vou falar um pouco sobre o meu ritmo e a experiência de leitura.

Na ultima semana, percebi que o meu ritmo de leitura decaiu bastante nos últimos tempos, e também notei que sou muito atípico, tem momentos em que quero ler ler e ler e tem outros que não quero nem ver um livro na minha frente.

Quando comecei a ser realmente um leitor, lá pelos meus 11, 12 anos eu lia uma quantidade bem pouca de páginas mas tentava ler o máximo possível no tempo livre, lembro que via aqueles livros super grandes e me perguntava como as pessoas arranjavam tempo pra ler tanto. Com o passar do tempo aquela quantidade de páginas foi aumentando e cada vez mais eu sentia prazer em ler um livro, em me perder nas paginas e viver junto com aqueles personagens. 
Depois disso eu acabei conhecendo mais pessoas que também tinham o hábito da leitura e via elas lendo tantos livros e eu senti que lia tão pouco!. Hoje vejo o quanto isso era algo bobo e o que é mais importante é o quão prazer a leitura te da e não quantos livros você leu.

Hoje em dia o meu ritmo de leitura é comandado pelo tempo, que muitas vezes é curto, e pelo humor. Sou o típico canceriano, vou pelas minhas emoções, se estou lendo algo que vejo que não é algo que vá me agradar no momento eu paro o livro e deixo pra ler uma outra hora, também gosto de começar uma leitura animado em fazer ela, posso estar lendo um romance, mas se do nada me da vontade de ler um suspense policial, dou uma pausa pra poder começar a ler o policial porque é isso que quero ler naquela hora, entende?.

Isso de parar uma leitura para começar outra também é algo que (me) atrapalha bastante, as vezes estou lendo dois livros ao mesmo tempo mas ai quero ler outro mas sinto que tenho que tenho que terminar os dois primeiro antes de começar outro e acabo sem ler nada. 

Vejo também muita gente ligando para números, assim como eu ligava quando mais novo, não façam isso. De que adianta ler 100 livros em um ano se só 20 deles realmente te afetaram?, não teria sido mais legal ter só lido os 20?. O que quero dizer é, não se torturem, ler é algo maravilhoso e o que importa é a influencia que esses livros estão fazendo na sua vida, não demonstrar que você lê feito uma máquina.

Enfim, esse post ficou meio confuso mas queria escrever sobre isso. Sinto hoje que sou bem mais relaxado sobre isso, e sei que isso é algo bom :).

Comentários

  1. Oi, Guilherme. Tudo bem?
    Cara, eu to sofrendo muito com essa coisa de ritmo de leitura. Eu costumava ler muito rápido, em média 5 livros por mês e aproveitava muito de cada um. Mas agora, tem hora que eu não quero ver livro na minha frente e quando leio, é super lento.
    Fora que eu também dependo do tempo. Muito curto, por sinal.
    Adorei o post, super me identifiquei.
    Abraço
    mundoemcartas.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Chato isso, Markus :/
      Pois é, as vezes acontece isso mesmo, mas não se cobra, passa.
      Que bom que se identificou!, fico feliz :)
      Abraço

      Excluir
  2. Olá Guilherme
    Engraçado me identifico com muita coisa no teu poste, quando não gosto de um livro coloco de parte ler é um prazer não uma obrigação. Tem momentos em que não sei o que ler então não leio dou um intervalo. Mas este ano aderi a um desafio que é ler 100 livros e estou a gostar pois não estou a ler sobre pressão se leio mais é porque estou no desemprego. O que me levou a aderir a este desafio é porque tenho perto de 600 livros nas minhas estantes por ler e quero dar um avanço. No entanto só leio os que quero e quando quero.
    Boas leituras bjs. Visita o meu blog http://atmosferadoslivros.blogspot.pt/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que se identificou!, também só leio o que quero :3.
      Bjs

      Excluir
  3. Posso dizer que você não está sozinho. Também sou dessas que tem vezes que sai lendo todo livro que vê pela frente, mas também tem vezes que quero dar um tempo. Tenho saudades de quando eu comecei a ler. Era uma esfomeada por livros, queria ler, ler e ler. Apenas isso! Amei seu post, de verdade, isso porque eu me identifiquei com tudo o que você disse. Não é o único que sente isso, porque minhas leituras também são controladas, as vezes, pelas minhas emoções. (Romance sempre me vence), hehehe
    Beijos!!

    http://our-constellations.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi Guilherme, tudo bem?
    Adorei a visita que fez ao meu blog e vim aqui conhecer o seu.
    Gosto muito desse tipo de coluna, em que discutimos um assunto. Essa questão de leitura realmente é complicada, pois estudamos, trabalhamos, temos família, é complicado dividir o nosso tempo. Quanto a leitura em si, eu não consigo ler dois livros ao mesmo tempo, quando eu pego um só fecho quando ele termina a não ser que algo aconteça e me obrigue a interromper.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Cila!
      Também não gosto de ler 2 ao mesmo tempo mas as vezes faço isso, e não é legal :/.
      Um beijo!

      Excluir
  5. Oi Guilherme tudo bem?
    Sou assim como você, tem momentos que não quero ver um livro na minha frente, quando isso acontece, não forço a leitura, simplesmente relaxo e aproveito pra assistir meus filmes e séries, até a fase passar e e eu voltar a sentir falta da leitura.
    A leitura acima de qualquer coisa tem que ser feita por prazer e não por pressão por causa de números.

    Beijos.
    Leituras da Paty


    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Paty!
      Acho que é normal, né? pois é, tem que relaxar e aproveitar a leitura.
      Beijo

      Excluir
  6. Gostei do post Guilherme. Já li muito mais do que leio hoje, mas os compromissos do dia-a-dia + trabalho acabaram diminuindo isso. Geralmente, leio na condução, indo e voltando do trabalho, que é onde encontro tempo. Abraço!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom Vanessa, o ruim é achar tempo mesmo :/
      Abraço!

      Excluir
  7. Oi Guilherme! Tudo bem?

    Adorei o post! Te entendo e até me identifiquei um pouco. Nunca li rápidoo demais, pois gosto de ler calmamente praa aproveitar cada detalhe e emoção da leitura, mas tem dias que eu acordo sem ânimo algum. Tem vezes que quando estou feliz não consigo ler, e tem vezes que quando estou triste também não. É conplicado.

    Eu aprendi a parar com isso de ler dois livros ao mesmo tempo. Treina a mente? Sim. Mas me estraga! Me estraga pelo fato de que não consigo me prender a nenhuma das leituras e antes de terminá-las fico querendo ler todos os livros da minha "estante" ao mesmo tempo '~'

    Abs!

    http://leiturasilenciosaoficial.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Jhonatan!, fico feliz que tenha gostado!, pois é, isso acontece mesmo, também tenho que parar de ler 2 ao mesmo tempo, me perco e acabo nao lendo nada :(.
      Abraço!

      Excluir
  8. Oi, Guilherme! Tudo bem? Adorei o post! Quando eu era bem novinho eu pensava a mesma coisa quando via alguém lendo livros com muitas páginas, mas com o tempo fui lendo livros mais grossos e hoje em dia já li livros com quase 600 páginas! haha Olha só, também sou canceriano! \o/ Sei muito bem como é isso de ir pelas minhas emoções! XD

    Abraço

    http://tonylucasblog.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  9. Olá,
    Ótimo texto, eu costumo estipular uma meta de leitura de 100 livros para mim, mas não me frustro quando não acontece. Acho que mais vale não cumprir a meta e aproveitar todas as obras do que se preocupar só com números.
    Beijos.
    Memórias de Leitura - memorias-de-leitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  10. Oie Guilherme =)

    Meu ritmo de leitura também oscila bastante. Tem épocas que leio até cinco livros por mês e outras que para ler de um a dois fica complicado. Uma das razões é o tempo, pois como trabalho em horário normal as vezes tudo o que quero é chegar em casa e ficar sem fazer nada rs... Por isso que a algum tempo não criou mais metas longas de leitura. Prefiro ler 10 livros bons do que 100 que não me marcam.
    Minha meta sempre é de 50 livros por ano. Se cumpro ótimo senão está bom também rs...

    Beijos e uma Feliz Páscoa;***

    Ane Reis.
    mydearlibrary | Livros, divagações e outras histórias...
    @mydearlibrary


    ResponderExcluir

Postar um comentário

DEIXE A SUA OPINIÃO!

Postagens mais visitadas deste blog

Sumiço, Mudanças + O Que ando lendo

Lembrança por Meg Cabot

Os Lançamentos de Julho | 2016