Corte de Espinhos e Rosas por Sarah J. Maas

Sinopse
"Depois de anos sendo escravizados pelas fadas, os humanos conseguiram se libertar e coexistem com os seres místicos. Cerca de cinco séculos após a guerra que definiu o futuro das espécies, Feyre, filha de um casal de mercadores, é forçada a se tornar uma caçadora para ajudar a família. Após matar uma fada zoomórfica transformada em lobo, uma criatura bestial surge exigindo uma reparação. 
Arrastada para uma terra mágica e traiçoeira que ela só conhecia através de lendas , a jovem descobre que seu captor não é um animal, mas Tamlin, senhor da Corte Feérica da Primavera. À medida que ela descobre mais sobre este mundo onde a magia impera, seus sentimentos por Tamlin passam da mais pura hostilidade até uma paixão avassaladora. Enquanto isso, uma sinistra e antiga sombra avança sobre o mundo das fadas e Feyre deve provar seu amor para detê-la... Ou Tamlin e seu povo estarão condenados."

Autor: Sarah J. Maas
Editora: Galera Record
Ano: 2015
Páginas: 434
Gênero: Fantasia
    

Corte de Espinhos e Rosas é o primeiro livro desta nova série de fantasia escrita pela Sarah J. Maas lançada aqui no Brasil pela editora Galera Record.

Desde que esse livro foi lançado estava extremamente ansioso para a leitura, ja havia visto vários ótimos comentários sobre ele lá fora e com o lançamento nacional fui atrás da leitura.

A capa brasileira me decepcionou na primeira vez que a vi mas depois que o livro chegou em minhas mãos fiquei encantado, as cores são ótimas e a floresta tem tudo a ver com o livro.

Não sou leitor nato de fantasia, adoro o gênero mas não é todo mês que vou ler um livro desse tipo, ainda assim, Corte de Espinhos e Rosas conseguiu me encantar e conquistar de uma maneira que havia muito tempo não acontecia.

Aqui seguimos a Feyre, ela vive com o pai e duas irmãs em um vilarejo nas terras mortais. Ela perdeu sua mãe e toda a riqueza e depois de prometer no leito de morte dela cuidar da família, é o que ela faz.

Até o dia em que ela vai caçar e acaba matando um lobo grande demais, o que parecia ser sorte se transforma em pesadelo. Segundo o tratado entre os humanos e os feéricos, eles não podem ultrapassar a grande Muralha que os devidem e o ato de matar um deles deve ser pago com a morte ou com a vida, no caso Feyre precisa decidir se vai para a corte com eles ou morre. Ela decidi ir e é então que tudo muda na vida dela.

Primeiro de tudo, para quem não sabe, esta é uma recontagem de A Bela e a Fera. Me lembro de ter lido a versão adaptada quando criança mas não é algo fresco na minha mente. Por isso, o que posso dizer é que o livro segue uma base da estória mas vai para um rumo totalmente diferente.




Diferente da outra série da autora, esta já é adulta, tem algumas cenas mais provocativas e é classificado como uma fantasia new adult.

A Feyre é uma personagem que tem muito de diferente, ela é guerreira e de primeira não entendia porque ela lutava tanto para sustentar as irmãs e o pai enquanto elas mal ligavam pra ela. Mas isso e algumas outras coisas que não fazem muito sentido no começo se junta lá no final.

A primeira parte do livro é um pouco lenta e a leitura demora um pouco a acelerar, pra mim foram umas 150 páginas de leitura morosa e depois não conseguia mais largar.
Isso acontece também porque o livro não é feito de grandes cenas de ação, a autora foca mais na construção dos personagens e no mundo que ela criou. O livro também tem um vocabulário peculiar então leva um tempo pra se acostumar.

Mundo este muito rico por sinal, a narrativa da autora é muito visual e esse sistema de cortes é muito curioso, ainda assim ela não explica ele muito detalhadamente, provavelmente isso fica pro segundo livro.

Acabei tirando uma estrela por essa morosidade e pelo final que foi muito, muito bom, mas corrido ainda assim, algo que a autora poderia ter trabalhado um pouco mais.

De modo geral, este é um livro fantástico, nos dois sentidos. Um pouco introdutório por conta de tudo o que o envolve mas ainda assim deixa um grande gancho para a sua continuação. Recomendo muito pra quem gosta do gênero, é uma série pra ficar de olho :).

Comentários

  1. Gostei da resenha Guilherme. Acompanho outra série desta autora e só ouço ótimos comentários a respeito de Corte de Espinhos e Rosas. Abraço!

    www.newsnessa.com

    ResponderExcluir
  2. Adorei o blog e as resenhas Guilherme. Não conhecia o livro ainda e adorei a sinopse. Vou atrás dele, com certeza. Sucesso e seguindo o blog.
    Abraços e ótima semana.

    BLOG | FAN PAGE | INSTAGRAM | YOUTUBE | GOOGLE+

    ResponderExcluir
  3. A premissa é muito boa, Guilherme. Achei o enredo rico e o desenvolvimento parece seguir o mesmo ritmo.
    Acredito que iria gostar da obra.

    Desbravador de Mundos - Participe do top comentarista de dezembro. Serão dois vencedores, dividindo 3 livros.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Gui

    Eu vim comentar nessa resenha porque não leio nenhuma resenha dos livros ca colleen sem antes ter lido o livro, ok? Hahaha

    Eu também não sou de ler muita fantasia, leio um aqui e ali, mas vez ou outra aparece uma fantasia que me prende.
    Que bom que curtiu apesar do início ter sido um bocadinho lento. Eu estava na livraria esses dias e vi o segundo volume, é enorme! Hahahaha

    Beijo
    - Tami
    http://www.meuepilogo.com

    ResponderExcluir

Postar um comentário

DEIXE A SUA OPINIÃO!

Postagens mais visitadas deste blog

Sumiço, Mudanças + O Que ando lendo

Lembrança por Meg Cabot

Os Lançamentos de Julho | 2016